Biografia

Nome verdadeiro: Marshall Bruce Mathers III

Apelido: Eminem, tirado das iniciais de seu nome Marshall Mathers, ou seja, M&M. Mas como o Eminem não podia usar o nome M&M por causa da companhia de chocolates, ele teve que mudar o nome para não ser processado, então escreveu o nome como é falado em inglês "Em-in-em".

Ego alternativo: Slim Shady. Criado por Eminem para representar o seu lado malvado, obscuro. Esse é o personagem que interpreta em suas músicas.

Dia de Nascimento: 17 de Outubro de 1972 (St. Joseph, Missouri)

Idade: 41

Altura: 1,79

Peso: 67,5Kg

Cor do cabelo: Loiro, cor natural - Castanho

Cor dos olhos: Azul

Signo: Libra

Família: Kimberly Ann Scott Mathers (Ex esposa), Hailie Jade Scott (Filha, nasceu dia 25 de Dezembro de 1995), Debbie Mathers-Briggs (Mãe), Betty Kresin (Avó, mãe de Debbie), Marshall Bruce Mathers II (Pai), Nathan Mathers (meio irmão, filho da Debbie com outro cara.), Ronald Dean Polkingharn (Mais conhecido como Ronnie, é seu tio falecido), Edna (Tia), Charles (Tio), Todd Nelson (Tio, irmão da Debbie) e Alaina (cujo apelido é Lainie, filha da irmã gêmea da Kim, ou seja, é a sobrinha do Marshall. Ela foi adotada pelo Marshall e agora tem o nome Alaina Mathers, mora com Marshall, Hailie e Nathan, e ela freqüenta a mesma escola que a Hailie.)

Escolas: Dort Elementary School em Roseville, Michigan, e atendeu também em Lincoln High School em Michigan

- Passa a infância mudando de lá e pra cá pra St. Joseph e Detroit. Mora hoje em Detroit, Michigan.
- Com 17 anos de idade Eminem deixa a escola pra sempre, ele repetiu o 1º colegial 3 vezes e decediu não estudar mais e se preocupar mais com rap.
- Quando Eminem era pequeno ele vivia apanhando na escola, até que um dia um tal de D'Angelo Baily, da 8ª Série bateu tanto no Eminem que ele teve hemorragia cerebral, ficou 10 dias em coma. Em até fez uma música sobre isso, a música se chama Brain Damage.
- Sua mãe Debbie Mathers tocou numa banda com o seu ex-marido no começo dos anos 70 chamado Daddy Warbucks.
- Debbie ficou grávida do Marshall quando ela tinha apenas 17 anos de idade.
- Dia 14 de dezembro de 1991 morre seu melhor companheiro, Tio Ronnie. Ronnie tinha cometido suicídio com um tiro na cabeça. Eminem ficou muito triste.
- Eminem e Kim começaram a namorar quando Kim tinha 13 anos de idade em 1988
- Eminem quer tornar sua filha Hailie Jade em uma atriz.
- Trabalhou no Gilbert's Lodge (Restaurante) em St. Clair Shores por 3 anos
- Primeiro grupo do Eminem foi o "Bassmint Productions"
- A atenção do Dr. Dre é chamada quando ouve o rapper fazendo um freestyle numa rádio em Los Angeles, California. Logo depois foi enviado uma cópia do Slim Shady EP ao Dre, e então ele assinou o Eminem em sua gravadora Aftermath
- No dia 23 de Fevereiro de 1999 saiu seu cd "The Slim Shady LP" que ficou na 3ª posição na Billboard por várias semanas
- Eminem ouve quase todos os tipo de rap, e alguns de seus artistas prediletos são: Tupac, Redman, The Beastie Boys, ele não ouve outros gêneros de música mais ele gosta também de No Doubt e Alanis Morrissete.
- Ele diz ser muito perfeccionista e sarcástico. Ele é muito engraçado também.


_________________________________________________________________________

1972: Dia 17 de outubro nasce o Marshall Bruce Mathers III vulgo Eminem, vulgo Slim Shady.

1983: O seu tio Ronnie lhe dá uma cópia da fita do Ice T, 'Reckless'. Foi a partir desse dia que ele percebeu que queria ser um rapper.

1988: Eminem escreve seu primeiro rap. Ele comenta sobre o LL Cool J, que era um grande sucesso na época. Kim, com 13 anos de idade, entra na vida de Marshall Mathers.

1990: Marshall leva um tiro de uma gang de seu bairro.

1991: Seu tio Ronnie se suicida no dia 14 de dezembro. Foi um grande choque para o Eminem, ele demorou cinco anos para voltar a falar do assunto. Marshall ficou bem deprimido com esse acontecimento, pois seu tio era seu melhor companheiro.

1995: No dia 25 de dezembro, nasce Hailie Jade Scott, a filha de Eminem com a Kimberly. Essa foi a grande felicidade dos dois, e foi o que manteve o casal junto por um bom tempo.

1996: Eminem lança o álbum 'Infinite', que vende menos de 1.000 cópias.

1997: Eminem participa do Scribble Jam e fica em segundo lugar, perdendo para o rapper Juice. Eminem se apresenta no Rap Olympics em Los Angeles e fica em segundo lugar mais uma vez, perdendo para o mesmo rapper que o venceu no Scribble Jam, o Juice. A atenção do Dr. Dre é chamada quando ouve o rapper fazendo um freestyle numa rádio em Los Angeles, California. Logo depois foi enviado uma cópia do Slim Shady EP ao Dre, e então ele assinou o Eminem em sua gravadora Aftermath. Eminem lança 'Slim Shady EP' que foi meio que um demo antes de seu primeiro cd comercial. Logo em seguida ele começa a fazer 'The Slim Shady LP', seu primeiro álbum em uma grande gravadora. O primeiro single desse cd foi 'Just Don't Give A Fuck'.

1999: 'The Slim Shady LP' é lançado no dia 23 de fevereiro, nos EUA, o sucesso começa a parecer, e Eminem recebe vários prêmios. 'The Slim Shady LP' fica em 3º lugar da Billboard por várias semanas. Com o sucesso do primeiro cd ele começa a trabalhar no seu segundo álbum. No dia 14 de junho, Eminem e Kim se casam. Em setembro, a mãe do Eminem, Debbie Mathers, lança um processo, de 10 milhões de dólares, contra seu filho por difamação.

2000: 'The Marshall Mathers LP' é lançado no dia 23 de maio, nos EUA. Eminem começou a fazer sucesso esse ano aqui no Brasil, com o primeiro single do cd, 'The Real Slim Shady'. No mês de julho a Kim tentou suicídio, cortando seus pulsos. Ela conseguiu se recuperar depois disso, só que um mês depois, Eminem e Kim terminaram, e neste mesmo ano eles voltaram por poucos meses.

2001: 'Devils Night' (do seu grupo D-12) é lançado no dia 19 de junho, nos EUA. Dia 18 de outubro começam as filmagens para o primeiro filme do rapper, chamado '8 Mile'. Esse ano foi muito turbulento para o Marshall, pois ele ficou lotado de processos. No dia 1 de março Eminem e Kim se divorciam.

2002: No dia 26 de maio saiu seu mais esperado álbum, 'The Eminem Show', nos EUA. O cd ia sair no dia 4 de junho mas foi antecipado porque o álbum inteiro vazou na internet bem antes do lançamento. Nesse ano o Eminem lança também o 8 Mile Soundtrack (trilha sonora do filme 8 Mile) no dia 29 de outubro. No dia 8 de novembro estréia 8 Mile nos cinemas americanos.

2003: Eminem ganha 4 troféus no AMA. Lança sua grife de roupa Shady Limited. Eminem ganha 2 Grammys. Ganha 2 prêmios no Brit Awards. Eminem leva Oscar de Melhor Canção, mas não vai à festa. Eminem ganhou prêmios de melhor ator e melhor ator revelação em "8 Mile" no MTV Movie Awards 2003. Eminem produz para 2Pac na trilha sonora de "Tupac: Resurrection".

2004: O novo cd do D-12, "D-12 World", chega às lojas grinas no dia 27 de abril. Eminem apresenta o Hip Hop Summit 2004 no Fox Theater em Detroit. Eminem processa a Apple pois eles usaram um menino de 10 anos de idade cantando a música "Lose Yourself" em uma propaganda na MTV. D-12 se apresenta no Movie Awards 2004 e Eminem mostra a bunda no evento, onde tem a cena censurada. Eminem, junto com a Interscope e Sirius, lançam uma rádio hip hop sem censuras, no dia 28 de outubro, chamado "Shade 45". Nesse mesmo dia teve o evento do Shady National Convention. Dia 12 de novembro é lançado o quarto álbum solo do Eminem, "Encore", que teve seu lançamento antecipado devido a pirataria na internet.



_________________________________________________________________________


Um rapper comum não poderia enfeitar as páginas de Rap Pages, VIBE, Rolling Stone, Spin, The Source, URB e Stress e sair em uma turnê nacional meses antes do álbum de estréia em uma gravadora de nome ser lançado. Então novamente, Eminem não é um rapper comum. Ele é fenomenal.

O lançamento iminente do The Slim Shady LP, o primeiro dele pelo selo Aftermath/Interscope Records, já deixa pessoas do hip-hop underground amaldiçoando a Eminem. Cheio de chocantes travessuras líricas daquelas que ficam eternamente na memória, de um violentamente deformado e ainda vulgar compositor extremamente talentoso, a coleção de 14 faixas contém algumas das letras mais memoráveis e dementes até hoje compostas.

Para Eminem, suas canções potencialmente controversas e indubitavelmente ofensivas golpearão um acorde com uma multidão de fiéis do hip-hop que acreditam que eles têm pouco a perder e tudo a ganhar. "Eu não estou só sentindo o que eu sinto", diz ele. "Eu acredito que muitas pessoas podem compreender minha merda, mesmo sendo branco, preto, não importa. Todo o mundo já esteve em alguma merda, mesmo se é drástico ou não tão drástico. Todo o mundo chega ao ponto de 'I don't give a fuck (eu tô pouco me fudendo)' ".
Essas palavras são mais que apenas um slogan para o natural de Detroit. "Just Don't Give A Fuck" e "Brain Damage" são o duas canções que incluem o single inicial de Eminem em The Slim Shady LP. Cada melodia está pronta para paralisar os ouvintes submissos com suas inexoráveis agressões líricas. Produzido principalmente por colaboradores de longo-tempo FBT Productions, o The Slim Shady LP também é caracterizado por trabalho duro de Dr. Dre. O N.W.A. produziu batidas para "My Name Is" (o segundo single), "Guilty Conscience" e "Role Model".

Dr. Dre ficou impressionado assim depois de ouvir Eminem em um freestyling em uma estação de rádio de Los Angeles, então ele mandou um caçador em busca do rimador de Michigan. Logo depois disso, Dre colocou Eminem no cast da Aftermath e os dois começaram a trabalhar juntos. Completamente impressionado com o álbum "Slim Shady EP" lançado anteriormente por Eminem em um selo independente, Dre disse que eles incluiriam muitas das faixas do EP no novo álbum.

"Foi uma honra ouvir as palavras saindo da boca de Dre que ele gostou da minha bosta", diz Eminem. "Na adolescência, eu era um dos maiores fãs de N.W.A, de colocar um óculos de sol e olhando no espelho fazer dublagens querendo ser Dr. Dre, ser Ice Cube. Este com certeza é o maior produtor de Hip-Hop".
Mas como muitos outros rappers, a ascensão de Eminem para o estrelato estava longe de ser fácil. Depois de nascer em Kansas City e viajando de um lado para outro entre KC e a área metropolitana de Detroit, Eminem e a mãe dele mudaram-se para o lado leste de Detroit quando ele tinha 12 anos. Trocando de escola a cada dois ou três meses tornando difícil de se fazer amigos, se formar e ficar fora de problemas.

Porém, o rap se tornou o consolo de Eminem. Brigando com colegas de escola no refeitório, trouxe alegria para o que era caso contrário uma existência dolorosa. Apesar dele ser depois expulso da escola e ter tido vários empregos em tempo integral em troca de salário mínimo, o foco musical dele permaneceu constante.
Eminem lançou seu disco de estréia, Infinite, em 1996/1997. Desesperado para entrar na cena Hip-Hop de Motor City, Eminem cantou de tal uma maneira que ele foi acusado de soar como Nas e AZ. "Infinite era eu tentando entender como eu queria que meu estilo de rap fosse, como eu quis soar no microfone e me apresentar", ele recorda. "Era uma fase de crescimento. Eu sentia que o Infinite era como como uma demo que há pouco fora prensada".

Depois de ser desapontado completamente e ferido pela resposta recebida por Infinite, Eminem começou a trabalhar no que vai depois se tornar o Slim Shady EP - um projeto feito para ele. Caracterizando várias linhas severas sobre personalidades de indústria da música local bem como discursos desviados sobre vida, a seleção pegou rapidamente os ouvidos do mundo underground. "Eu não tinha nada a perder, mas algo para ganhar", Eminem diz daquele ponto na vida dele. "Se eu fizesse um álbum para mim, e era a minha vontade, então eu teria sucesso. Se eu não o fizesse, então meus produtores desistiriam de toda música que tínhamos feito. Eu fiz esse trabalho para que eu gostasse de ouvir, não para os outros. No Slim Shady EP, eu chicoteei todo o mundo que falou merda a meu respeito".

Apresentando-se como ele mesmo, Eminem e sua carreira decolaram. Logo após dar uma cópia do álbum Infinite a uma amiga produtora, ela conseguiu ao aspirante um lugar nas Olimpíadas de Rap em Los Angeles em 1997, onde ele ganhou o segundo lugar na competição de freestyling. Durante a viagem, Eminem e o seu empresário, Paul Rosenberg, deram a algumas pessoas da gravadora Interscope Records um demo dele e ele fez sua estréia em uma rádio de renome no Wake Up Show com Sway and Tech. Percebendo que esta era a oportunidade de sua vida, Eminem, proferiu uma mescla furiosa de letras que impressionou os seus anfitriões e toda a audiência da rádio. "Eu sentia como se fosse minha hora de brilhar", Eminem diz daquela performance. "Eu tenho que detonar. Naquele momento, eu sentia que era um caso de vida ou morte".

Eminem gravaria logo o clássico underground "5 Stars Generals". Esta música ajudou-o a se estabelecer no Japão, Nova Iorque e Los Angeles. Isto também lhe ajudaria a ganhar as atenções na turnê inaugural Lyricist Lounge que o levou a palcos da Filadélfia a Los Angeles. Pronto para causar uma tempestade no mundo do hip-hop com sua entonação lírica sem igual e uma produção matadora, Eminem e seu The Slim Shady LP estão certos de ter os seus ouvintes cativados. "Eu digo coisas que eu acho que chocarão as pessoas", ele diz. "Mas eu não faço coisas para chocá-las. Eu não estou tentando para ser o próximo Tupac, mas eu não sei quanto tempo eu vou estar neste planeta. Assim enquanto eu estou aqui, eu posso muito bem fazer a maioria disto ".

Em maio de 2000, foi lançado o The Marshall Mathers LP, o segundo álbum do Eminem depois de virar uma estrela mundial. Segundo ele próprio, "o novo álbum leva o termo 'liberdade de expressão' ao limite". Com letras provocativas, polêmicas e que, em algumas partes, aparentam ser preconceituosas, Eminem chegou à incrível marca de 9 milhões de cópias vendas somente nos Estados Unidos. Para se ter uma idéia, na semana de lançamento foram vendidas mais de 1,700,000 de cópias.

No mesmo ano do lançamento, Eminem ganhou diversos prêmios, sendo a maioria pelo single "The Real Slim Shady", que estourou nas rádio americanas e européias. Entre os prêmios estão 2 grammys e 2 VMA's.
No início de 2001 uma grande polêmica cercava Eminem, grupos de gays e lésbicas faziam protestos e pediam para que a performance de Eminem e Elton John na entrega do Grammy não acontecesse. Tudo por que os homossexuais se sentem ofendidos pelas letras e Eminem, mas nem todos pensam dessa maneira, e Elton John era um desses. Com uma performance excepcional, Eminem e Elton John cantaram a música "Stan" (que se tornaria uma febre aqui no Brasil).


Mesmo com toda essa polêmica em volta dele, Eminem foi o maior vencedor da premiação com 3 prêmios. Uma semana depois Slim foi até a Grã-Bretanha fazer uma performance na entrega do Brit Awards, uma das premiações mais importantes da Europa. Após se apresentar cantando I'm Back e The Real Slim Shady, Eminem recebeu o prêmio de melhor artista internacional das mãos de... Adivinhem quem... Elton John.
No mês de junho do mesmo ano, foi lançado o primeiro álbum do D12, grupo do Eminem. Marshall participou de diversas músicas, incluindo o single de estréia "Purple Pills". Além de cantar, Eminem foi quem produziu o álbum, o primeiro do selo Shady Records, cedido ao Eminem por sua gravadora.

O ano de 2002 foi e vai ser de muito sucesso para o rapper. No primeiro semestre foi lançado seu mais recente disco: "The Eminem Show". E para não perder o costume, o álbum vendeu que nem água no deserto. Foi o CD mais bem sucedido do ano, pelo menos até agora, com cerca de 5 milhões de cópias vendidas apenas nos Estados Unidos. O primeiro single, "Without Me", fez um sucesso tremendo aqui no Brasil, conseguindo alcançar o primeiro lugar no topo da parada brasileira, feito nunca antes conseguido pelo rapper aqui. Ao mesmo tempo, o clipe da música alcançava o primeiro lugar na televisão. No VMA 2002, o clipe ganhou 4 prêmios, incluindo o de melhor do ano. O álbum, como o Dr. Dre disse, "mostra como o Eminem cresceu e ficou mais maduro".

Dia 8 de novembro de 2002 é uma data histórica para Marshall Mathers. É o dia do lançamento de seu primeiro filme onde ele atua como protagonista. "8 Mile" se passa em Detroit e é baseado na vida do rapper, não sendo, no entanto, um biografia. É a história de Jimmy, um branco que quer se tornar um rapper reconhecido por todos. A trilha sonora contém músicas do próprio Eminem, artistas da Shady Records e outros.

O lançamento de seu primeiro filme onde ele faz o papel principal, 8 Mile, foi um grande sucesso nos Estados Unidos. O filme faturou no primeiro fim de semana cerca de 55 milhões de dólares, mantendo-se no topo da lista por duas semanas consecutivas. No Brasil, o filme estreiou em março de 2003 conseguindo alcançar o 3º lugar na lista dos mais assistidos, um grande feito para um filme estrelado por um astro da música. Filmes de cantoras comos Mariah Carey e Britney Spears não chegaram nem a ficar entre os 5 mais assistidos. Além da boa recepção do público em geral, '8 Mile' também teve uma ótima aceitação entre os críticos. A atuação de Eminem no papel de 'Jimmy' foi muito elogiada.

Nos Grammys de 2003, Eminem foi indicado para 5 categorias [Gravação do ano (Without Me), Álbum do ano (The Eminem Show), Melhor performance masculina de rap (Without Me), Melhor álbum de rap (The Eminem Show) e Melhor forma curta de vídeo clipe (Without Me)]. Na festa ele saiu com dois prêmios, o de Melhor Álbum de Rap e o de Melhor Videoclipe. No decorres da cerimônia ele se apresentou com a banda The Roots, fazendo a performance da música 'Lose Yourself', trilha sonora de seu filme e que foi indicada (e ganhou) ao Oscar de Canção Original.

Concorrendo com grandes artistas como U2 e Caetano Veloso, Eminem supreendou a todos e levou o Oscar de Canção Original pra casa pela música 'Lose Yourself', do filme '8 Mile'. O rapper não se apresentou na cerimômia pelo motivo de a academia ter feito um pedido para o Eminem que ele cantasse uma 'versão família' da música, pois o evento iria ser assistido por milhões de crianças e familiares. Eminem recusou dizendo que se ele foi nomeado pela música, tem que cantar ela da forma original. No final das contas ele não apareceu na cerimônia e Luis Resto (co-produtor da música) recebeu o prêmio por ele.

Antes disso, no dia de 6 de fevereiro de 2003 foi lançado nos Estados Unidos o álbum 'Get Rich or Die Trying', de 50 Cent, um dos artistas da Shady Records (selo do Eminem). O álbum vendeu quase 600 mil cópias apenas nos primeiros dias, permanecendo no topo da Billboard por várias semanas, assim como o primeiro single do álbum, 'In Da Club'. Neste ano também se acirraram a briga entre Eminem e Benzino, rapper e um dos donos da revista The Sauce. Além dessa rixa, também nasceu (por causa do 50 Cent) a briga com o rapper Ja Rule. Ou seja, Shady Records vs. Murder Inc.

Em 2004, o D-12 volta com seu segundo álbum pela gravadora do Eminem, Shady Records. O álbum "D-12 World" vendeu bastante cópias mundialmente, e saiu uma versão limitada com DVD. Esse ano foi ótimo para o Eminem, pois ele produziu bastante músicas, fez várias participações, promoveu evento ótimos como o Hip Hop Summit, onnde ele apresentou em Detroit, teve também o Shady National Convention que foi promovido em New York no dia 28 de outubro, lançou sua rádio pelo satélite da SIRIUS, a rádio "Shade 45". Nesse mesmo ano, o Eminem lançou seu quarto álbum solo, entitulado "Encore", que foi lançado nos EUA com duas versões, a versão com um CD bônus e o Shady Collector's Edition. O cd consegue atingir 3,75 milhões de pré-vendas, dias antes do lançamento do cd.

fonte: Eminem forever