Eminem arrecada mais de US$ 17 mil para instituição de Detroit


Eminem não é apenas um rapper que acumula milhões de dólares, ele também é um patrono que recentemente arrecadou mais de US$ 17 mil para uma instituição de caridade de Detroit que ajuda idosos e suas famílias.

O rapper realizou um leilão beneficente no eBay para uma instituição chamada Focus: HOPE, que fornece alimentos e serviços básicos para idosos e suas famílias. O leilão, de acordo com informações recentes, provou ser um bem proveitoso.

Segundo o site MLive, o leilão de itens exclusivos de Eminem arrecadou US$ 17.353 para a Focus: HOPE até a manhã de quarta-feira, a partir de 606 lances vindos de todo o mundo.

Entre os itens leiloados estavam relógios edição limitada da G-Shock, pacotes de ingressos para a Monster Tour e bonés autografados por Eminem.

fonte: HipHopWired

Musicas subestimadas do Eminem

Com 42,5 milhões de álbuns vendidos apenas nos EUA, Eminem é um dos artistas da música mais vendidos de todos os tempos (provavelmente seria o maior se tivesse nascido na epoca em que nao existia download de mp3) . Ele é o artista mais vendido do século XXI. Adicione todos seus Grammys, VMAs, e claro, seu Oscar para ver o quão bem sucedido ele é. No entanto, para todas suas realizações, apesar de todo apelo comercial e aclamação da crítica, todas as placas de platina e capas de revista, apesar do fato que tantas pessoas conseguem recitar tantas de suas letras de cor, Eminem ainda tem músicas subestimadas.

Algumas dessas músicas, essas jóias pouco conhecidas, foram lançadas antes dele estourar e nunca foram descobertas pelas massas. Algumas saíram e foram apenas ignoradas, e então esquecidas por um motivo ou outro. Algumas nunca tiveram um lançamento oficial, escondidas num CD bônus ou mixtape ou lançamento estrangeiro, perdidas na bagunça de sua prolífica produção. E outras, mesmo músicas que foram ouvidas por milhões, simplesmente não são apreciadas o bastante. Todas elas merecem uma segunda escuta.

Confira essas 15 Músicas Subestimadas do Eminem que todo fã deve se familiarizar mais e todo Stan vai jurar que já conhecem cada palavra delas.


"Just The Two Of Us" (1997)
Produtor: Bass Brothers, Eminem
ÁlbumThe Slim Shady EP


Já achou estranho que há uma canção chamada "97 Bonnie & Clyde" no The Slim Shady LP, embora o álbum tenha saído em 1999? Bem, é porque a versão original da música na verdade apareceu no The Slim Shady EP - o disco que agitou o Em no underground e eventualmente o fez assinar com Dr. Dre. Mas a música foi lançada primeiro com um nome diferente, "Just The Two Of Us". Não que a versão original de "97 Bonnie & Clyde" seja tão diferente de "Just The Two Of Us". De fato, a letra é basicamente a mesma. A verdadeira diferença é a batida. Se você tem escutado o remake nos últimos 10 anos, pode ser difícil aceitar que a música tinha uma versão anterior. No entanto, se você ouviu a original e depois o remake, pode ter sido difícil aceitar a mais nova. De qualquer forma, apenas saiba que essa música já teve uma batida diferente e menos efeitos sonoros. Ouça as duas, e então decida qual delas você gosta mais.




"Macosa" (1998)
Produtor: Pace Won
Álbum: -



É uma pena que nenhuma das músicas do Outsidaz com o Eminem (a outra canção era "Hard Act To Follow") tiveram um lançamento oficial. O problema foi a liberação do sample. (O que você espera quando usa um sample de Pink Floyd e Michael Jackson?) Ainda assim, ouvir o Em rimar ao lado dos MCs não tão famosos de Newark é um lembrete de que ele sempre foi um rapper underground de coração. A forma como sua voz atravessa a faixa, é óbvio que o melhor ainda está por vir do jovem Slim Shady. Seu vocabulário atrevido e flow único cria poder sobre um grupo formidável do Outsidaz estrelando Pace Won e Young Zee. Queria saber o que esses caras estão fazendo? Seria meio louco se eles se juntassem novamente pelos velhos tempos.




"Nuttin' To Do" (1998)
Produtor: Rob "Reef" Tewlow
Álbum: "Nuttin' To Do"/"Scary Movies" single



Desafiamos você a encontrar uma dupla de rappers mais líricos do que Eminem e Royce Da 5'9". Embora a dupla de Detroit não tenha se juntado para um álbum oficial até Hell: The Sequel de 2011, eles primeiro se uniram em 1999 para lançar o single "Nuttin' To Do"/"Scary Movies". Enquanto "Scary Movies" se tornou um clássico cult e uma das faixas mais célebres do Em, "Nuttin' To Do" é muitas vezes ignorada.

"Nuttin' To Do" é o típico Eminem em sua primeira encarnação de Slim Shady. A música é outro exercício lírico onde Em usa drogas, rima como um doente mental ("Nurse, look at this straitjacket, it's crooked") ("Enfermeira, olha essa camisa de força, está torta"), e ataca os A&Rs da gravadora que, sem dúvida, ele estava lidando enquanto tentava conseguir um contrato. Mas é simplesmente tão inteligente, evidenciado por versos como "Forget a chorus, my metaphors are so complicated/It takes six minutes to get applause." ("Esqueça um refrão, minhas metáforas são tão complicadas/ que levam seis minutos para receber aplausos.")






"Get Back" (2000)
Produtor: Alchemist
ÁlbumThe Piece Maker



No final dos anos 90, Eminem era apenas um puro rimador. Seus raps não eram particularmente "significativos", ele não tinha desenvolvido totalmente sua composição, e nem sempre tinha muito assunto, mas ele era uma máquina de fazer rap que juntava palavras sem esforço e contava histórias absurdas. Cada outra rima o viu em algum tipo de instalação médica (desta vez ele se senta no consultório do dentista e no hospital), tomando uma porrada de drogas aleatórias, e então mandando rimas aos montes, "Collapsed, had a relapse and called three cabs/And had to be dragged, back to rehab, with bloody kneecaps." ("Tive um colapso, uma recaída e chamei três táxis/ E tive que ser arrastado, de volta à reabilitação, com os joelhos sangrando.") Se você nunca ouviu essa música antes - era uma faixa no álbum do Tony Touch, então era fácil de perder a não ser que você fosse um fã incondicional do Em - é um deleite para os fãs do Em que sempre desejaram que ele apenas rimasse sobre mais batidas do Alchemist.





"Shit On You" (2001)
Produtor: DJ Head, Eminem
Álbum: Devils Night



Se alguma coisa sintetizou o rap chocante do D12 em sua forma primordial, é "Shit On You", que é sobre cagar em você. Sobre uma melodia suave e refrão sussurrado. Esse é realmente o conceito, e cada rapper opta por explicar sua relação com esse conceito numa variedade de formas. Para a parte do Em, "My adolescent years weren't shit to what I do now/I never grew up, I was born grown, and grew down." ("Meus anos de adolescência não foram merda nenhuma para o que eu faço agora/ Eu nunca cresci, eu nasci adulto, e diminuí.") Em sintonia com suas linhas de abertura, seu verso se degenera de linhas conhecidas ("The more ignorant the incident is? I fit in") ("Quanto mais ignorante é o incidente, eu me encaixo") para simplesmente descrever as diferentes formas que ele vai cagar em você. Ou talvez cuspir em você. Ou fazer o oposto e mijar em você. Talvez ele vá agachar; talvez ele vá fazer como um skit do Biggie. De qualquer forma, não importa o quê, ele vai abaixar suas calças e...





"Girls" (2001)
Produtor: Eminem
Álbum: Devils Night



Tudo sobre "Girls" parece ridículo em retrospecto: chamar caras de "maricas", rappers brancos (naturalmente) atacando outros rappers brancos, e rixas brutais, ruidosas, por ofensas feitas no programa TRL. Eminem tinha treta com Everlast, enquanto seu colega mútuo, DJ Lethal (do Limp Bizkit e House of Pain) jogou neutro. Isto é, até: "Then I look on the TV, now who's mentioning me/That little fucking weasel, DJ Lethal, on MTV/After I gave you props on that song on national TV/You're talking 'bout Everlast is going to whip my ass when he sees me?/C'mon dog, you was supposed to be on that song." ("Aí eu olho na TV, agora quem está me mencionando/ Aquele porra de fuinha, DJ Lethal, na MTV/ Depois que eu te dei crédito naquela música em TV nacional/ Você está falando como o Everlast vai me enfiar a porrada quando me ver?/ Qual é, cara, você deveria estar naquela música.") Opa. Em continua zombando o hit do Limp Bizkit, "Rollin'", e a tendência de Fred Durst a falar sobre quanto as pessoas o odeiam. "Eles não te odeiam", Em disse, "eles só acham que você é brega desde que a Christina brincou com você." (Essa é a ex-namorada de Durst, Christina Aguilera.)

Eminem teve sua quota de conflitos na cultura pop de volta nos tempos de TRL. Mas não importa o quão estranho possa ter parecido na época, olhando para trás, uma coisa é certa: ele geralmente dizimava as pessoas assim que elas entravam em sua mira:  "And fuck Bizkit!/Cuz I know you're saying 'Fuck D12'/But not to our face, under your breath, to yourselves." (E fôda-se o Bizkit!/ Porque eu sei que vocês estão dizendo 'Fôda-se O D12'/ Mas não na nossa cara, baixinho, para vocês mesmos.")




Thirstin Howl III feat. Eminem - "Watch Deez" (1999)
Produtor: DJ Spinna
Álbum: Heavy Beats Vol. 1




Há provavelmente poucos exemplos melhores da combinação do Em perfeitamente articulada de humor de auto-flagelo, sociopatia brutal, e rap com ataques sem limites. Mas definitivamente, nenhum tão subestimado. Em corta fora seu próprio braço porque lhe é negado uma renovação de sua receita de Darvocet (a FDA acabou banindo esse medicamento em 2010 porque ele causou problemas cardíacos!) É verso após verso de absurdos (ele vai te deixar nu e te dar uma coronhada a fim de forçá-lo a... aceitar conselhos) e humor chocante e sinistro. O personagem de Em na música é completamente nojento, "mija e vomita vermelho", ouvindo vozes em sua cabeça e abusando de drogas de prescrição médica. É a defesa de 'quando acuado, aja como louco', entregue com tal precisão que nem uma palavra é desperdiçada. Em tem bichos se rastejando para fora de sua cabeça e come facas, um cortejo acima dos limites de frases de efeito memoráveis que o fazem parecer com o tipo de pessoa que você provavelmente não quer nunca ficar por perto - muito menos se meter com ele.




"Stimulate" (2002)
Produtor: Eminem
Álbum: "Cleanin' Out My Closet" single




"Stimulate" não é um assunto intocável para Marshall Mathers. Mas é uma de suas expressões mais sugestivas de sua relação complexa, antagônica, com as armadilhas e superficialidades da fama. Sua performance tem uma confiança maníaca em desacordo com o clima sombrio da música de nervos desgastados, como a repentina clareza de estimulantes surgindo através das nuvens salientes da abstinência de álcool. É fácil olhar para essa música na esteira das lutas de Em contra a dependência de drogas nesses termos: "I don't mean nobody harm, I'm just partyin'" ("Eu não quero prejudicar ninguém, eu só estou festejando") soa mais como uma fase de negação do que um regresso às festas.

A música inteira parece um ato de equilíbrio entre exploração psicodélica e à beira do esgotamento, conforme guitarras se infiltram em torno do canto amargo e irônico de Em. Amargura escorre de cada frase, como se cada uma devesse ser medida pela sinceridade: "Maybe one day we can make some progress/Food for thought, see how long it takes to digest." ("Talvez um dia podemos fazer algum progresso/ Alimento para o pensamento, veja quanto tempo leva para digerir.") Mas a música luta com mais do que apenas aqueles que o atacam de fora. Cada linha se dobra para capturar cada contradição numa análise brutalmente honesta da situação que não deixa ninguém de fora - incluindo ele mesmo. O verso final encontra Em explorando sua responsabilidade pessoal aos seus fãs, e os conflitos internos que isso traz a ele:  "I try to stimulate, but kids emulate" ("Eu tento estimular, mas as crianças imitam"), ele explica, então: "It's inhumane for me to see you influenced but pretend you ain't" ("É desumano para mim ver que você é influenciado, mas fingir que não é"), antes de "It's such, a pleasure, every button that I touch/I treasure every glutton that I punish in my lust, but..." ("É um prazer, cada assunto que eu toco/ Eu aprecio cada gula que eu castigo na minha luxúria, mas...")




"Rabbit Run" (2002)
Produtor: Eminem, Luis Resto
Álbum: 8 Mile soundtrack




Ser apresentada ao lado de uma canção como "Lose Yourself - que ganhou um Oscar, passou 12 semanas no 1º lugar da Billboard, e se tornou a primeira canção de rap a ser indicada a Canção do Ano no Grammy - faria qualquer música ser subestimada. Este é o caso com "Rabbit Run", uma faixa vintage do Eminem "fazendo rap pelo amor ao rap". O ataque de rimas de três minutos narra a luta do personagem semi-autobiográfico de Eminem, Jimmy "B-Rabbit" Smith de "8 Mile". Ela tem a mesma sensação de aproveitar o momento de "Lose Yourself", mas sem a produção de agitar estádios. Como "Lose Yourself" e "8 Mile", é centrada em torno das batalhas de rap. Mas essa batalha parece mais com uma maratona, e nosso herói está correndo por sua vida.



fonte: everythingisshady / complex

Eminem leva três prêmios no World Music Awards


não transmissão do World Music Awards 2014 nesta quarta-feira (28) à noite pelo canal NBC obrigou a produção do evento a soltar a lista de vencedores em sua página no Facebook.

Miley Cyrus foi o grande destaque com três prêmios: Melhor Artista Feminina, Artista Feminina mais Vendida de Pop/Rock e Melhor Vídeo por "Wrecking Ball". Beyoncé, Eminem, Justin Bieber, Justin Timberlake, Imagine Dragons, Lorde e One Direction também venceram.

Eminem levou três prêmios: Artista Mais Vendido do Mundo, Artista de Rap/Hip-Hop mais Vendido, e Artista Americano mais Vendido.

Após um hiato de três anos, o World Music Awards foi celebrado na terça-feira (27) em Mônaco, e foi marcado por atrasos e problemas de produção. (Veja aqui). Confira a lista completa de vencedores em:facebook.com/worldmusicawards.


Créditos: Everything is Shady

Fonte: Portal Popline

nova musica do Eminem pode ser lançada em 10 dias

Após comentar sobre uma nova colaboração com Eminem em seu Twitter (veja aqui), Trick Trick voltou a dar uma pista sobre o assunto. O rapper de Detroit lançou hoje uma mixtape chamada The Godfather 3, que conta com participações de Royce Da 5'9", Young Buck, Kurupt, entre outros.

Respondendo a um fã no Twitter, que disse que gostaria que o Eminem estivesse envolvido em tal mixtape, Trick Trick postou:
"10 dias depois do lançamento de amanhã, eu e o @Eminem vamos lançar ______________ AQUILO!"

Ainda não foi divulgado o título da nova música de Eminem e Trick Trick. Aguardem mais informações.

OBRIGADO STANS!

O site eminembrasil agradece a todos os stans pelas visitas diarias que estamos tendo,nas ultimas semanas crescemos com cerca de 500 visitas diarias e crescemos cada dia mais,o eminem brasil é um site que não visa o lucro,não ganhamos um centavo,apenas divulgamos o trabalho do Eminem,pois entendemos que no Brasil muita gente ainda não conhece realmente o trabalho desse que é considerado por muitos um dos maiores musicos de todos os tempos,principalmente pela dificuldade de dominio da lingua inglesa aqui no Brasil,o site é feito por Fernando Bastos,Lucas Matos e Tulio Souza,3 estudantes de engenharia cursando o ultimo semestre,por isso muitas vezes não encontramos tempo para atualizar o site,mas estamos sempre fazendo o melhor e podem esperar novidades sempre!!!

Letras do Eminem traduzidas (em breve todas as letras de todos os albums disponiveis)

fonte: vagalume / youtube / letrasmus / som13

0-9

25 to life
3 am
313

A
A kiss (justin bieber lady gaga diss)
airplanes part 2
amytiville
ass like tath (feat nate dogg)
asshole

B
bad guy 
bad influence
bad meets evil
bagpipes from baghda (mariah carey diss)
beautful
beautful pain
berzerk
bitch please part 2
brain damage

C
cmon let me ride
cinderella man
cleanin out my closet (debbie mathers diss)
crack a bottle
criminal
cum on everybody

D
dear marshall (mãe do eminem para eminem)
deja vu
drop the world
drug ballad

E
Em calls paul skit

F
fight music
forever
forgout about dre

G
girls (limp biskit diss)
go to sleep
going throug changes
guilty conscience

H
hail mary (ja rule diss)
hailes revenge
hailes song
hello

I
i need a doctor
im back

J
just dont give a fuck
just lose it
jut the two of us

K
kill you
kim

L
lighters
like toy soldier
lose yourself
love the way u lie
love the way u lie 2
love u more

M
marshall mathers
mockinbird 
mosh
must be the ganja
my band
my daddys gone crazy
my mom
my name is

N
no apologies
no love
not afraid

O
oh no

P
patienty waiting
paul (skit)
purple pills
puke

Q
quiter

R
rain man
rap god
remeber me
rock bottom

S
say goodbye hoolywood
seduction
smack tath (feat akon)
shake tath
sing for the moment
so bad
space bound
square dance
stan
still dont give a fuck
strong than i was
superman
survival

T
the monster
the real slim shady
the warning
the way i am
till i colappse

U
under the influence

W
we made you
whats the diference
when i gone
white america
whitout me
whicked ways
wont back down

Y
you dont know
youre never over




"Stronger Than I Was" é citada em lista de 20 Canções de Hip-Hop sobre Relacionamentos Específicos

O site da revista XXL criou uma lista de 20 Canções de Hip-Hop sobre Relacionamentos Específicos.

A publicação explica que "o hip-hop tem muitas canções de amor compostas para pessoas específicas" e que "muitos hits do hip-hop têm uma razão subjacente a respeito de porque eles aconteceram para se conectar com os ouvintes tão bem - os fãs podem se identificar com os dois lados."

A lista cita músicas de Nas, Outkast, Jay-Z, Diddy, Kanye West, entre outros. Entre as 20 canções, a XXL destacou "Stronger Than I Was" de Eminem.

"Stronger Than I Was" - Eminem
Ano: 2013
Sobre quem é: Kim Mathers
Versos específicos: "You walked out, I almost died, it was almost a homicide/That you caused 'cause I was so traumatized/Felt like I was in for a long bus ride/I'd rather die than you not be by my side/Can't count how many times I vomited, cried/Go to my room, turn the radio on and hide/Thought we were Bonnie and Clyde, nah/On the inside you were Jekyll and Hyde/I, felt like my, whole relationship with you was a lie/It was you and I, why did I think it was ride or die?"
("Você foi embora, eu quase morri, foi quase um homicídio/ que você causou porque eu fiquei tão traumatizado/ Senti como se estivesse numa longa viagem de ônibus/ Eu preferia morrer do que você não estar ao meu lado/ Não consigo contar quantas vezes eu vomitei, chorei/ Vou ao meu quarto, ligo o rádio e me escondo/ Achei que éramos Bonnie e Clyde, nah/ No interior, você era Jekyll e Hyde/ Eu senti que todo meu relacionamento com você era uma mentira/ Era você e eu, por que eu achei que era correr ou morrer?")

Background: Talvez a relação mais volátil já colocada em disco, Em nunca foi tímido sobre seus problemas e questões com sua ex-mulher Kim; tem sido, por vezes, doentio e distorcido, romântico e horrível, mas ela sempre foi um fantasma na música de Marshall. Essa canção pega Em num clima pouco menos violento e vingativo do que outras vezes em que ele escreveu o nome dela - alternativamente, há uma vertente que diz que "Stronger Than I Was" foi escrita a partir da perspectiva dela - mas é uma das canções mais edificantes que Em escreveu em muito tempo. Ela parece mais com um momento catártico - diferente da reconciliação que Em buscou na canção "Headlights", falando sobre sua mãe - mas ainda é um pouco desequilibrada, assim como seu autor.


Confira a lista completa das 20 Canções de Hip-Hop sobre Relacionamentos Específicos no site: XXLmag.com

fonte: HipHopDX

Eminem na lista dos melhores cantores do mundo


Há bastante artistas de Detroit e representação de Michigan numa nova lista dos "Maiores Cantores do Mundo" por alcance vocal que surgiu na internet esta semana.

O site concerthotels.com conduziu uma interessante pesquisa sobre notas altas e baixas para a voz dos artistas, e declarou o vocalista do Guns 'N' Roses, Axl Rose, o nº 1.

Os gráficos no site mostram as notas mais altas e mais baixas que cada artista atingiu no estúdio de gravação.

Na classificação geral de alcance vocal, Eminem ficou na 41ª posição. Na classificação de notas mais altas, o rapper aparece na 62ª posição, enquanto que na lista das notas mais baixas, ficou na 18ª posição.

Confira a lista completa e outros detalhes da pesquisa sobre "Os Maiores Cantores do Mundo" no site: concerthotels.com

fonte: MLive.com

Eminem é o preferido no spotify

O rapper norte-americano Eminem é o artista mais ouvido pelos usuários do maior serviço de música digital, o Spotify, anunciou nesta quarta-feira a empresa sueca, que comemorou seus dez milhões de assinantes pagantes.

O Spotify, criado em 2008 e hoje presente em 56 países, afirma ter 40 milhões de usuários ativos. Desse total, três quartos optam pelo serviço gratuito, que inclui publicidade.

Os dados publicados anteriormente datam de abril de 2013 e apontavam 24 milhões de usuários ativos, com "mais de 6 milhões" de pagantes.

O serviço tem um dos maiores catálogos de música em "streaming", mas Eminem não tem que competir com os Beatles, que ainda não estão disponíveis na página.

A música mais ouvida foi "Wake Me Up" (junho de 2013) do DJ sueco Avicii, favorecido pela base de pagantes que o Spotify tem em seu país, com cerca de 235 milhões de streams.

A artista feminina mais popular é Rihanna. Juntamente com Eminem, a dupla tem duas músicas entre as mais populares do Spotify: "The Monster" (137 milhões de streams) e "Love the Way You Lie" (111 milhões).


fonte: R7 / USA Today

Eminem no billboard music awards 2014

Justin Timberlake foi o grande vencedor do Billboard Music Awards 2014, que aconteceu ontem (18) em Las Vegas. O cantor foi premiado em sete categorias, incluindo Top Artist e Melhor Artista Masculino.

Eminem, que concorria a seis prêmios, levou dois: Melhor Artista de Rap e Melhor Álbum de Rap por The Marshall Mathers LP 2. O rapper não compareceu ao evento.

Confira aqui lista completa dos vencedores do Billboard Music Awards 2014.

Eminem: Os 5 versos mais definitivos de sua carreira de acordo com o Hip Hop DX


Eminem é o mais próximo de um fenômeno musical que essa geração provavelmente vai ter. Um poeta insano com uma entrega quase impecável, suas letras são uma combinação de auto-consciência, honestidade, e inteligência raramente encontradas em nível equivalentes. Sua atitude de não se segurar deu origem a uma carreira repleta de fama e fortuna, dor e sofrimento, recaída e redenção, admiração e despeito. Com poucas exceções, cada um de seus versos é uma exibição de um mestre do ofício, não importa o assunto ou o alvo, ou se ele está rimando em suas próprias faixas ou participando na faixa de outro MC.

Para este artigo, estamos pregando os cinco versos mais definitivos de Shady - que é meio que como tentar encontrar o pedaço mais brilhante de ouro num baú de tesouro cheia de coisas, mas nós tentamos de qualquer forma. Ao identificar cinco versos que se sobressaíam sobre o resto, os critérios normais foram descartados a fim de escolher os flows que melhor exemplificam o Em como artista, pessoa, e sua personalidade. Em alguns casos, tomamos liberdade com o termo "verso", já que as rimas de Slim merecem um contexto mais completo, resultando em alguns "versos estendidos". Justo? Talvez não. Mas, novamente, é do Eminem que estamos falando, e não estamos tentando prejudicá-lo.

Comédia: "My Name Is"
"Got pissed off and ripped Pamela Lee’s tits off / and smacked her so hard I knocked her clothes backwards like Kriss Kross."

A canção que colocou Eminem no mapa é linha por linha preenchida com letras que evocam uma resposta de "Eu não acredito que ele disse isso". Esse verso - tão intenso que teve que ser completamente re-escrito para a versão de rádio - mostra o incrível dom de Eminem para a comédia de humor negro, e um pouco de violência e raiva. Ao degradar a si mesmo e outras celebridades, ele prova que ninguém está a salvo no mundo de Slim Shady.

Destreza: "The Way I Am"
"And it seems like the media immediately / points a finger at me / so I point one back at ‘em / but not the index or pinkie / or the ring or the thumb / it’s the one you put up / when you don’t give a fuck"
Uma das melhores letras do Eminem de todos os tempos, e certamente um conjunto para nos lembrar com quem estamos lidando - vá em frente e chame-o do que você quiser, culpe-o pelos problemas da juventude mal orientada, e fique bravo quando ele não for te dar um autógrafo, porque Eminem só vai responder virando o espelho para você e, então, (não tão educadamente) te dizendo aonde enfiá-lo. Esse verso resume Eminem em seu contexto, destreza, técnica e inteligência.
Controvérsia: "The Warning"
"Call my bluff and I’ll release everything I got / including the voicemails before you blew your top / when me and Luis were tryin’ to stick two CDs in the same slot"
Eminem pode estar no seu melhor quando está dilacerando alguém em pedaços. Não faltam raps de ataque por aí vindos de Shady, mas ele serve algo especial para Mariah Carey em "The Warning". Aqui temos o conjunto final da primeira estrofe, e Slim não retém nada. Mesmo depois de eviscerar Carey completamente ao longo das primeiras partes da canção, ele termina com uma ameaça, bem como um eufemismo atrevido, e cita outro ex de Carey para envergonhá-la ainda mais. É algo que só o Eminem poderia se safar, e enquanto estamos todos rindo, Carey e Nick Cannon provavelmente pensaram duas vezes antes de dizer qualquer coisa negativa sobre Slim depois que ele lançou essa bomba.
"I rap like I’m addicted to smack like I’m Kim Mathers"
Esse verso da estrofe final de "Till I Collapse" é só mais uma faixa favorita dos fãs carregada de jóias e um refrão de hino. Com esse verso em particular, temos um exemplo do conturbado relacionamento de Shady com sua ex-mulher, e uma analogia que equivale a criar música como um vício em heroína, que é a resposta de Eminem aos seus críticos, rivais, e lutas pessoas em ser o alto nível do jogo do rap.
Aliteração: "Renegade" (Jay-Z)
"Now who’s the King of these rude, ludicrous, lucrative lyrics / who could inherit the title, put the youth in hysterics"
Uma das primeiras participações especiais de alto perfil para Eminem, ele detona na faixa de Jay-Z. A aliteração e flow nesse verso é um exemplo fantástico do talento técnico de Eminem. Mas o contexto apresentado em apenas uma linha - na qual ele se enquadra como um inimigo para os pais hipócritas, um alvo da mídia, e estoura com o absurdo de um músico ser a causa dos problemas da juventude da nação - ilustra como Eminem era incrivelmente autoconsciente, mesmo na fase inicial de sua carreira.
As habilidades de Eminem com a caneta e papel estão sempre em exposição, e estes são apenas cinco dos seus versos mais pesados. Há certamente muito mais para dissecar e discutir, mas por enquanto, estes são um exemplo brilhante de porque ele é capaz de proclamar e demandar em "Rap God" que "we have nothing in common, poodle / I’m a Doberman / Pinch yourself in the arm and pay homage, pupil (Não temos nada em comum, poodle/ Eu sou um Doberman/ Se belisque no braço e preste homenagem, pupilo.)"
 
Créditos: Everything is Shady

Eminem promove leilão de itens para ajuda entidade beneficiente


Eminem está lançando um novo projeto que irá ajudar a arrecadar dinheiro para a instituição Focus: HOPE.

Chamado "Eminem for Hope", o projeto vai incluir um leilão de caridade online que será executado de 19 a 29 de maio no eBay Giving Works.

Os itens para leilão incluem cinco relógios raros da Casio G-Shock que Eminem ajudou a criar, pacotes de ingressos para os shows esgotados do Comerica Park para a Monster Tour de Eminem e Rihanna, e bonés de beisebol de Detroit edição limitada assinados pelo rapper.

Os relógios G-Shock são parte do conjunto de edição limitada que se esgotou pouco depois de ser lançado em dezembro de 2013. Esses relógios específicos foram feitos especialmente para o Eminem e contam com uma silhueta do horizonte de Detroit.

Os possíveis compradores podem dar uma olhada nos itens e se inscreverem para um lembrete por e-mail sobre o leilão online, agora no site: http://givingworks.ebay.com/eminem-for-focus-hope/

O dinheiro arrecadado vai beneficiar o projeto "Heroes for Hope" da instituição Focus: HOPE, que irá homenagear seus falecidos fundadores, o padre William Cunningham e Eleanor Josaitis.


Créditos: Everything is Shady

Eminem de volta ao topo do facebook

Eminem de volta ao topo de fans no facebook,o rapper chegou a incrivel marca de 88 milhoes... 200 mil a mais que a cantora Rihanna segunda colocada.

5 anos de relapse



Hoje, 15 de maio, marca o 5º aniversário do lançamento de Relapse. Depois de ser multi-platina em 2004 com Encore, o plano de Eminem era fazer uma pausa de gravar sua própria música e produzir para outros artistas em sua gravadora, Shady Records. Entretanto, as coisas nunca se materializaram e tomaram um rumo para o pior quando Marshall Mathers foi forçado a cancelar sua turnê europeia e foi tratado por vício em medicamentos para dormir. Isso culminou em seu breve segundo casamento de 11 semanas com sua ex-mulher Kimberly Scott e, em seguida, caiu em uma profunda depressão devido à morte de seu melhor amigo e rapper DeShaun "Proof" Holton, que foi morto a tiros em uma boate em Detroit. A morte de Proof fez com que Em tivesse um bloqueio para compor (writer's block) e uma recaída às drogas, resultando em sua hospitalização em 2008 por overdose de metadona.

A overdose assustou Eminem e ele se internou em um programa completo de 12 passos e voltou seu foco ao seu amor pela música. O conceito por trás de Relapse era sobre o Em fazer rap depois que teve uma recaída de sua reabilitação às drogas e voltar ao seu alter-ego Slim Shady. Relapse estreou no 1º lugar da parada da Billboard 200, vendendo 608 mil cópias em sua primeira semana, eventualmente recebendo dupla platina. Relapse lançou singles como "3 a.m.", "We Made You", e "Beautiful". Em 2009, Relapse foi o álbum de rap mais vendido e, no ano seguinte, levou um Grammy por Melhor Álbum de Rap.

novas fotos de Eminem

Membro do Slaughterhouse, Crooked I, postou a seguinte foto com Eminem no seu Instagram, com a legenda:
"Eu tenho amigos legais... Detroit é sempre amor... Próxima parada Columbus #APEXTOUR"



Poderá também gostar de:

Eminem e Lil b tem o maior numero de referencias as drogas em letras

As letras de Eminem, Lil B e Three 6 Mafia foram destacadas por ter o maior número de referências às drogas no hip-hop.

Lil B liderou a pesquisa quando se tratava de menções à cocaína e MDMA, enquanto Eminem teve o maior número de referências a drogas de prescrição médica, e Three 6 Mafia teve mais menções à maconha.

A pesquisa foi realizada pelo Project Know, que usou o site de letras de música RapGenius para filtrar as letras dos artistas por menções às drogas. O Project Know é uma organização norte-americana para alerta e educação sobre o perigo das drogas.

"Prevalência neste contexto é o número total de canções de rap contendo uma determinada expressão em um ano, dividido pelo número total de canções de rap no mesmo ano", disse um comunicado do Project Know sobre a pesquisa. "Optamos por deixar de fora certas substâncias e expressões de gíria para evitar que nossos resultados fossem distorcidos por gírias que são frequentemente utilizadas em outros contextos."

Confira o gráfico abaixo sobre as referências às drogas no hip-hop:



Créditos: Everything is Shady

D12 de volta?

Um cd novo do D12 é esperado,mas por enquanto temos uma faixa nova do integrante Swifty Mcvay
clique aqui para ouvir







Entrevista de Eminem entre as mais ultrajantes

O site HotNewHipHop lançou uma lista das 20 entrevistas do hip-hop mais ultrajantes.

A grande coisa sobre os artistas no hip-hop é que você pode confiar que, na maioria das vezes, eles vão ser verdadeiros, mesmo quando estão sendo transmitidos ao vivo em todo o mundo. Francos e honestos nos melhores momentos, o hip-hop é um gênero que se orgulha de provocar a concorrência e entregar a verdade.

Com o tempo, isso resultou em entrevistas onde confrontos ocorrem, às vezes sem aviso, e os rappers são bem sinceros. Ame ou odeie, alguns rappers vão te dar sua honesta opinião em vez de uma resposta polida para a mídia.

Na lista, foi citada a entrevista de Eminem em setembro do ano passado na ESPN.

Herbstreit: "Sobre o que você está mais animado com esse álbum (The Marshall Mathers LP 2)?"
Eminem: "Nada."

Eminem acompanhou Brent Musburger e Kirk Herbstreit em um jogo da NCAAF entre Michigan e Notre Dame e agiu com seu jeito naturalmente cômico, começando com sua "cara Berzerk". Engraçado e estranho ao mesmo tempo, isso ficou ótimo para a televisão.

Eminem esta perto de recuperar o topo no facebook

Eminem pode recuperar o topo do Facebook ainda esse mes,com 480 mil likes a menos que rihanna,Eminem esta se aproximando rapidamente da cantora e amiga da musica Pop,ambos estao com 87 Milhoes!!!!

clipe de headlights lançado no dia das mães


"Headlights" teaser



O vídeo será lançado no Dia das Mães

Pra quem não sabe Eminem ficou mais de 10 anos sem falar com sua mãe Debbie Mathers,o rapper a acusava de ser negligente e de ser a responsavel pelos problemas que ele teve na infancia,assim como de ser viciada em pilulas e ele ter pego esse "vicio" dela,Eminem fez muitas musicas atacando a propria mãe,e após mais de 10 anos ele compos "head lights" musica do album Marshall Mathers Lp 2 se desculpando por todas as ofensas que fez a ela.

confira abaixo o ataque mais famoso que Eminem fez a Debbie Mathers "cleanin out my closet" traduzido.




Divulgada data de lançamento do clipe de Headlights


Como já se especulava, foi confirmado pelo Instagram oficial do Eminem que o clipe de Headlights dirigido por Spike Lee será lançado no domingo, dia 11, dia das mães! Confiram o post.

Eminem entre os artistas com "o maior vocabulário no hip-hop"


O cientista de dados Matt Daniels lançou um gráfico estudando os rappers com o vocabulário mais extenso.

Matt Daniels, um residente de Nova York que se descreve como um cientista de dados e analista digital, criou uma série de gráficos que analisam o número de palavras únicas usadas por vários rappers. Daniels intitulou seu projeto de "O Maior Vocabulário no Hip-Hop" e criou seus vários gráficos usando as letras de música fornecidas pelo site Rap Genius.

Entre os artistas presentes no estudo de Daniels, que foi inspirado pelo vocabulário célebre de William Shakespeare, estão Eminem, Tupac Shakur, Drake, e os membros do Wu-Tang Clan.

Ele descobriu o MC de Nova York Aesop Rock como o compositor com o mais alto "número de palavras únicas usadas dentro das primeiras 35.000 letras do artista." Aesop Rock utilizou 7.392 palavras únicas e foi seguido por GZA com 6.426, e Kool Keith com 6.238.

De acordo com o estudo de Daniels sobre o maior vocabulário no hip-hop, Eminem utilizou 4.494 palavras únicas.

Daniels também deu uma olhada mais atenta aos rappers Tupac e Lil Wayne, que estavam nos 20% inferior do gráfico.

"Enquanto Lil Wayne nunca foi celebrado pela complexidade de suas escolhas de palavras, eu esperava que 2Pac, Snoop e Kanye ficassem bem acima da média", ele disse. "Também vale notar que o Drake, um dos artistas mais populares ultimamente, está no nº 83 nesta lista."

Confira o gráfico abaixo e saiba mais sobre o estudo "O Maior Vocabulário no Hip-Hop" aqui.

fonte: HipHopDX

Eminem leva dois prêmios no Detroit Music Awards


Eminem, the Four Tops, Iggy Pop & the Stooges e Sponge estão entre os vencedores do 23º Detroit Music Awards, que aconteceu na noite de sexta-feira (25) no The Fillmore.

Eminem recebeu dois prêmios: Melhor Álbum Nacional (Grande Gravadora) por The Marshall Mathers LP 2e Melhor Videoclipe (Grande Orçamento) por "Berzerk".

O DMAs apresentou prêmios em mais de 70 categorias cobrindo todos os aspectos da música. Confira a lista completa de vencedores no site: DetroitMusicAwards.com


Créditos: Everything is Shady

Fonte: Macomb Daily

Eminem slides 04






Os 25 Melhores Versos do Eminem, segundo a revista Complex.


eminem_bestverses
Você concorda?
25. No Love (Verse 2)
24. As The World Turns (Verse 2)
23. The Sauce (Verse 1)
22. Threesixfive (Verse 2)
21. 3 A.M (Verse 1)
20. Go To Sleep (Verse 1)
19. Dead Wrong (Verse 3)
18. If I Get Locked Up Tonight (Verse 2)
17. What’s The Difference (Verse 3)
16. Fight Music (Verse 6)
15. Don’t Approach Me (Verse 4)
14. Forever (Verse 4)
13. Criminal (Verse 3)
12. Bitch Please II (Verse 4)
11. Square Dance (Verse 2)
10. Rap God (Verse 3)
9. We All Die One Day (Verse 3)
8. Just Don’t Give A Fuck (Verse 1)
7. The Way I Am (Verse 1)
6. Kill You (Verse 1)
5. Forgot About Dre (Verse 2)
4. Patiently Waiting (Verse 2)
3. Renegade (Verse 2)
2. Till I Collapse (Verse 2)
1. Lose Yourself (Verse 1)